Doença periodontal como fator de risco para complicações na gravidez.

outubro 9, 2017
Você sabe o que causa o mau hálito?
setembro 28, 2017
Projeto de diagnóstico pela saliva é selecionado pela FAPERJ
outubro 17, 2017

 

A professora Liana Fernandes, PhD em Odontologia, na especialidade de periodontia, descreve como as doenças gengivais são uma porta de entrada para vários problemas no nosso corpo, assim
como o que devemos fazer para evitar complicações com a saúde.

Pesquisadores mostraram que a periodontite pode estar associada com complicações durante a gravidez. A doença periodontal e algumas complicações na gravidez podem estar compartilhando uma via etiológica semelhante. Na verdade, os motivos porque que se considera a periodontite como fator de risco para as mulheres grávidas está relacionado com as fortes evidências onde aparecem infecções ou etiologias inflamatórias com o potencial para causar bacteremias gram-negativas em pessoas com esta doenças gengivais. Foi no início dos anos 90 que o pesquisador Offenbacher e seu grupo indicaram que as infecções orais como peri-odontite podiam constituir uma fonte significativa de infecção e inflamação durante a gravidez.

A mulher grávida apresenta níveis hormonais sexuais alterados. A presença da placa dental pode ser exacerbada pelas alter-ações hormonais. A possibilidade de uma mulher grávida ter inflamação gengival aumenta durante a gravidez devido às alterações hormonais que favorecem a proliferação de bactérias e que por sua vez causam a doença periodontal. Se a doença periodontal permanecer, a placa dental pode desenvolver um grupo elevado de bactérias anaeróbicas gram-negativas com potencial para causar bacteremias. Bacteremia é o termo usado quando as bactérias atingem a corrente sanguíneas. Neste sentido, foi proposto que as infecções periodontais servem como reservatório para os organismos anaeróbicos gram negativos.

A gengiva sadia tem coloração rósea, circunda os dentes e não sangra, mesmo quando seu usa a escova ou o fio-dental.

Mediadores inflamatórios são pro-duzidos com outras substâncias que ameaçam a unidade feto-placentária. Evidências confirmam o fato de que crianças cujas mães apresentam doença periodontal podem nascer prematuramente e/ou com baixo peso. A presença de doença periodontal representa um fator de risco independente significativo para o nascimento prematuro e o nascimento com baixo peso no contexto de outros fatores de risco estabelecidos. A presença da doença periodontal no início da gravidez parece conferir risco como também se a doença periodontal se torna mais grave durante a gravidez. A periodontite piorando independentemente aumenta o risco de nascimento prematuro. Foi detectado imunoglobulinas do grupo M (IGM) específico para alguns bactérias orais em amostra de sangue do cordão fetal de bebês nascidos com peso baixo e normal, dados preliminares confirmam que o feto pode ser acometido

por bactérias periodontais maternas. Na verdade no passado muitas pessoas achavam que a mulher grávida não deveria fazer nenhum tratamento dentário no entanto atualmente foi visto que é extremamente importante garantir a saúde oral.

O exame odontológico é necessário para todos os indivíduos, principalmente para aquelas mulheres que pensam em ficar grávidas ou que estão grávidas. As mulheres grávidas que tem alguma
inflamação gengival devem procurar o cirurgião-dentista o mais rápido possível. As mulheres grávidas com gengivas saudáveis podem utilizar as medidas de preventivas como a escovação e

pasta dental juntamente com a utilização de fio dental ou escovas inter-dentárias que ajudam a controlar a formação do biofilme microbiano que diariamente se forma nas superfícies bucais. Neste sentido é recomendado que as mulheres grávidas devem manter seus dentes o mais limpo possível e cuidar para ter gengivas sempre saudáveis, sem sangramento.

Fique ligado! Todas quintas-feiras, abordaremos um tema importante para sua saúde bucal. Se você perdeu alguma parte das matérias entre em contato conosco e complete sua
coleção. O e-mail atendimento@clinicaeso.com.br está a disposição para sugestões, criticas e dúvidas sobre problemas dentários.

Saudações, e lembre-se:

SORRIA, SORRIA, SEMPRE !
#SorriaParaVida

//]]>